Professora cria Momento da Libras para integrar pais de aluno na escola

Professora cria Momento da Libras para integrar pais de aluno na escola

A gente sempre fala por aqui que a mudança começa primeiro em nós e hoje vamos contar o relato de uma professora que com determinação mudou a história de seus alunos e em especial dos pais de um deles. Ela entendeu que a educação inclusiva vai muito além do cumprimento de normas, e determinações, e que a empatia deve ser praticada todos os dias. 
Aretha Braz é professora de uma turma do segundo ano do ensino fundamental na Escola Municipal CEI Antonio Pietruza de Curitiba. Acompanhando a agenda escolar de seus alunos, que têm entre sete e oito anos, percebeu que a de um deles nunca voltava assinada. Asafe era o único aluno que não tinha o visto na agenda. Intrigada, a professora quis saber o motivo. Ele contou que seus pais eram surdos e que se comunicavam através da Língua Brasileira de Sinais. Explicou que tinha uma irmã de 11 anos ouvinte que intermediava a comunicação em casa. Como já tinha feito cursos de Libras no passado, Aretha foi pesquisar maneiras de aprimorar seus conhecimentos para poder integrar esses pais na vida acadêmica do filho. Viu que existiam vídeo aulas disponíveis e encontrou também o aplicativo da Hand Talk. Começou então a enviar bilhetes e recados, que a diretoria transmitia, escrevendo letrinha por letrinha do alfabeto de Libras. E assim iniciou a comunicação com eles. 
Poucos meses depois surgiu um projeto que a turma precisava apresentar na escola e que tinha como tema principal a inclusão. Não pensando duas vezes, aproveitou o gancho para incluir o ensino da Língua Brasileira de Sinais à turma e assim o “Momento da Libras” foi criado. Com o apoio da escola, todo dia, após o recreio, as crianças têm esse período separado, que dura em média quarenta minutos, para aprender a nova língua. 
WhatsApp Image 2019-10-11 at 16.19.03
A professora começou com cumprimentos básicos como “Oi”, “Bom Dia” e ficou impressionada com o interesse dos alunos. Apresentou também o Hugo e eles ficaram apaixonados pelo mocinho de óculos, gravata azul e tênis vermelho. Querendo trazer os pais para a realidade da escola, a professora mandou fazer um boneco do nosso querido intérprete virtual e a cada dia uma criança podia levá-lo para casa junto com um caderno. Nele os pais davam feedback sobre o trabalho que vem sendo feito com o ensino da Libras e os depoimentos eram encantadores. A mãe do Asafe também participou e pediu que sua filha escrevesse uma mensagem agradecendo a iniciativa e contando como o filho mudou. Dizia que ele era uma criança tímida, que não tinha interesse pela Libras, mas que começou a gostar pela forma como foi apresentada. 
Foto de uma folha de caderno escrito no topo: "Asafe Ambrosio Albano." Abaixo está escrito a pergunta: "O que vocês estão achando sobre seu filho aprender a Libras?". Abaixo está a resposta de uma mãe: " Muito legal, você professora é a melhor que eu já vi. O Asafe nunca se interessou em Libras, mas você conseguiu. Você é incrível!"
Quando as reuniões da escola eram agendadas, os pais de Asafe participavam e mandavam o tio ou a irmã para acompanhá-las. Com o propósito de trazê-los ainda para mais perto, Aretha conversou com o alunos para que convidasse seus pais a estarem presentes na próxima reunião. Para alegria de todos eles foram e participaram da primeira reunião do filho. A professora fez toda a comunicação em Libras e eles se sentiram muito acolhidos. Hoje quando vão buscar o Asafe na escola, todos os coleguinhas ficam animados e correm para conversar com eles. Isso para a professora tem um valor inestimável! Ela afirma que a inclusão não parte apenas de inserir o aluno na escola, mas em incluir também os pais na educação de seus filhos. O que é uma grande verdade!

Além do Momento Libras, Aretha trabalha na criação de um projeto com sua irmã, que sugere a inclusão da Língua Brasileira de Sinais no plano curricular, pois ainda não é uma realidade na cidade, e pretende apresentar à Prefeitura de Curitiba. Sabendo da importância que a Libras tem tanto para quebrar barreiras de comunicação como desenvolvimento de seus alunos, ela não quer parar por aí e afirma que vai continuar ensinando a língua em todas as turmas e escolas que fizer parte no futuro.
Foto de uma sala de aula com várias crianças usando o uniforme da escola, na cor amarela. Elas estão em frente a uma lousa e fazendo diferentes sinais com as mãos.
Que história fofa, não é mesmo? Sabemos que não podemos transformar o mundo todo de uma vez, mas com pequenos passos podemos transformar a vida de alguém. Pense nisso. Dê o seu primeiro passo hoje mesmo!

 

Imagem com fundo laranja com o Hugo no canto esquerdo. Ao seu lado está a frase: "Conte com Hugo quando o assunto for Libras. Baixe o aplicativo Hand Talk. " Em seguida aparecem os logos do Google Play e Apple Store.

Compartilhe esse post!


Rating: 5.0. From 4 votes.
Please wait...

1 thought on “Professora cria Momento da Libras para integrar pais de aluno na escola”

  • 1
    Maria on Responder

    Que linda história!! Belo trabalho o da professora, certeza que com pequenas mudanças iremos transformar vidas!!Parabéns professora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *