Do inglês e espanhol à Libras: A história do Erivaldo no mundo das línguas

Do inglês e espanhol à Libras: A história do Erivaldo no mundo das línguas

A gente cresce ouvindo que aprender um novo idioma é muito importante, afinal aprender uma nova língua significa poder se comunicar com cada vez mais pessoas. Mas qual escolher? São tantas opções: inglês, espanhol, alemão, japonês e a lista não para de crescer! Nesse mar de possibilidades, muitas pessoas acabam esquecendo de uma: a Libras (Língua Brasileira de Sinais)! Como a gente já contou aqui no blog, a Libras é uma língua, tão importante como qualquer outra.

E hoje a gente trouxe a história do Erivaldo, que juntou a vontade de aprender um novo idioma com uma pitada empatia e se jogou no mundo da Libras. Ele contou pra gente um pouquinho da sua motivação e como o Hugo ajudou ele a aprender seus primeiros sinais!

Sempre tive interesse em saber me comunicar com outras pessoas, desde criança somos educados a aprender português e inglês; com o tempo busquei espanhol, depois gestos comportamentais. Bom, ao longo da minha busca, acabei me deparando com Youtubers cegos e surdos, após conhecer mais sobre, resolvi tentar aprender algo, o Hugo me ajudou nessa parte. Comecei por letras e a palavras simples, então comecei a desativar legendas no canal Visurdo (grupo de youtubers surdos) e agora, por vezes, em shows, por exemplo, uso Libras para me comunicar uma vez que o ruído é surreal para conversar. Libras é a fantástico e devo muito à Hand Talk, e você Hugo.

Quem aí também tá louco para aprender Libras depois dessa história? Como no caso do Erivaldo, o Hugo pode ajudar! Lá no app da Hand Talk, você encontra os vídeos do Hugo Ensina, onde nosso intérprete virtual favorito te ensina sinais em Libras. E se você é um apaixonado por vídeos, dê uma olhada nesses youtubers maravilhosos que vão te ajudar a mergulhar de cabeça na cultura surda!

 

1. Léo Viturinno

 

2. Gabriel Isaac

 

3. Larissa Jorge

 

 

Compartilhe esse post!


Rating: 5.0. From 5 votes.
Please wait...

11 thoughts on “Do inglês e espanhol à Libras: A história do Erivaldo no mundo das línguas”

  • 1
    Edson de Souza on Responder

    Eu gosto de mais adoro língua inglês quero muito que vontade de aprender libras inglês

  • 2
    Arnoldo Manoel Castro da Silva on Responder

    Gostaria de aprender mais sobre libras…. porém meu tempo eh muito reduzido……. além do trabalho, ainda estudo a noite.

  • 3
    Angélica on Responder

    Boa noite
    Assim como Erivaldo, quero também aprender muito com Hugo.

  • 4
    Jeosadaque José da Silva on Responder

    Oi sou um estudante de libras.

  • 5
    Carlos Roberto Gomes on Responder

    Muito legal hand talk

  • 6
    Lia Steinberg on Responder

    Adorei

  • 7
    Monica Sabino on Responder

    Eu amo a Hand Talk e o Hugo me apaixonei por libras no dia que vi um rapaz no ponto de ônibus conversando cm outro…libras é maravilhoso.

  • 8
    Francisco Acidemar Nunes on Responder

    Eu tenho uma filha surda 34 anos. Só agora que comecei a estudar libras ñ tinha noção. Agora sei a falta que faz. Pra gente …

  • 9
    Laura Reis Esteves on Responder

    Gostei bastante da história

  • 10
    José Claudiano Ferreira da Silva on Responder

    Isso é muito legal. Assim como o Erivaldo eu também sempre tive vontade de aprender novas línguas e a língua de sinais sempre me chamou atenção até que de verdade eu me joguei para aprender a língua. Eu sou religioso e sempre quis poder me comunicar com o surdo a fim de poder ajudá-los em aconselhamentos, direção espiritual, confissão etc. Hoje a comunicação entre nós, os surdos e eu é possível. Agradeço de mais ao hand talk e o Hugo por várias dicas legais em seus vídeos. Agradeço também a minha querida professora e amiga Aldenisa Peixoto e ao canal visurdo e o canal Carlos Cristian Libras. A todos meu muito obrigado.

  • 11

    Eu sim surda Eliane Aparecida Leithardt eu quero fácil ver aprender palavras entende bom gosto libras ok

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *