Por que a acessibilidade digital é vital para a construção da sua marca

Por que a acessibilidade digital é vital para a construção da sua marca

A construção de uma marca forte é imprescindível para o sucesso das empresas na era digital. E, cada vez mais, a acessibilidade precisa ser parte da sua estratégia de branding. Além de montar um plano de acessibilidade, é importante também mostrar isso para o seu público. Nesse post, você vai entender melhor porque esse compromisso com uma web acessível é tão indispensável. E ah, também vamos te dar algumas dicas simples de como começar esse planejamento!

 

Primeiramente, o que é uma marca?

Se você perguntar a diferentes profissionais de marketing, é provável que cada um deles te dê respostas distintas. Então encontre aquelas que pareçam mais úteis para a sua empresa.

Mas para começar, aqui está uma definição inicial. Sua marca é a combinação de um nome, cor, símbolo, design, logotipo, mensagem, voz, tom ou qualquer coisa que diferencie seu produto ou empresa de todos os outros.

Defina sua marca a partir da missão de sua empresa. Pense nas necessidades dos clientes, dos seus pontos fortes e da sua proposta de vendas. Considere os sentimentos que você deseja que associem à sua organização . O que é que você quer que as pessoas pensem quando quando ouvirem falar da sua empresa?

 

Imagem retangular na horizontal, com fundo verde-água. No canto esquerdo há dois elementos: um computador com dois símbolos saindo de si em balõezinhos, o símbolo de acessibilidade da ONU e um vaso com uma flor, com um cifrão ($) no centro. Além disso há uma pequena faixa no canto esquerdo com o texto "ebook grátis!" escrito em branco. No centro da figura, em negrito há o texto "Porque ter seu site acessível é uma oportunidade de negócio". No canto direito da imagem há um botão laranja com o texto "baixe o ebook grátis" em branco. Fim da descrição.

 

Mas o que a acessibilidade digital tem a ver com isso?

A criação de experiências acessíveis na web oferece à sua empresa duas grandes oportunidades: demonstrar um compromisso verdadeiro com acessibilidade, e aumentar muito o seu público.

É um mito comum pensar que as pessoas com deficiência não usam computadores. Ou ainda, que não são um público consumidor em potencial. No entanto, de acordo com o último censo do IBGE, 24% dos brasileiros possuem algum tipo de deficiência. Ou seja: é muito improvável que, de fato, a sua empresa não atinja esse mercado. Por isso, se os seus sites e aplicativos não estiverem acessíveis, mais cedo ou mais tarde você vai ter que considerar a enorme fatia de mercado que está perdendo.

Além disso, a  acessibilidade permite que mais clientes tenham experiências positivas com sua marca. Quando o seu site está inacessível, muitas pessoas ficam automaticamente impossibilitadas de consumir o seu conteúdo. Ou, ainda, de comprar seus produtos. No entanto, ao terem uma experiência positiva com sua empresa – e depois outra, e depois outra – é mais provável que elas se tornem leais à sua marca. Sem falar que a partir do momento que o consumidor sentir que o serviço que utilizou pode beneficiar alguém, é provável que ele faça recomendações, tanto para conhecidos, como nas redes sociais.

Por fim, vale ainda falar que a acessibilidade melhora o seu SEO. Para que as pessoas tenham algum contato com sua marca elas precisam, primeiro, conseguir encontrá-la, não é mesmo? Inicialmente, pode parecer surpreendente que as práticas recomendadas de SEO e as Diretrizes de Acessibilidade para Conteúdo Web (WCAG) se sobreponham. Mas isso começa a fazer sentido quando consideramos a importância da navegação em dispositivos móveis e das descrições alternativas para o rankeamento nos motores de busca.

 

Hugo está no canto esquerdo segurando um troféu. Ao seu lado a frase: "Banco BMG e Hugo: uma parceira premiada." Em seguida um botão amarelo escrito: "Leia o case."

Conte para todo mundo!

Na era digital em que vivemos, é inegável que os consumidores têm muitas opções. Por isso, cada vez mais, eles optam por apoiar marcas que compartilham dos seus valores. Dessa forma, se a sua marca se comprometeu com a acessibilidade, informe as pessoas!

Prepare uma nota de divulgação, na qual você fale sobre a acessibilidade da sua empresa. Ela pode ser a sua chance de demonstrar publicamente o seu compromisso. Você deve apresentar informações claras sobre as açõesrealizadas e os métodos que estão sendo usados. Declarações desse tipo estão se tornando cada vez mais esperadas.  Um ótimo exemplo disso é a Samsung: a empresa produziu uma série de vídeos tutoriais, mostrando como funcionam os recursos de acessibilidade dos produtos.

Desde que o seu compromisso seja verdadeiro, não há problema em se orgulhar disso. Por exemplo, se você fez uma grande mudança que melhora a acessibilidade digital, ou ainda, se comprometeu-se a incluir mais pessoas com deficiência em sua pesquisa de mercado, informe o seu público! Mídias sociais, releases, postagens em blogs e e-mails são ótimas maneiras de transmitir sua mensagem rapidamente e para um grande número de pessoas.

 

Como começar

A consistência é a chave para o sucesso a longo prazo de uma marca. Mas a consciência e a capacidade de evoluir são passos muito importantes para um planejamento de acessibilidade duradouro. Se isso nunca foi um foco da sua estratégia de marca até então, isso não significa que você não possa virar o jogo.

Tornar o seu site acessível em Libras, além de ser uma grande medida de responsabilidade social, pode ampliar o seu público consumidor. Você sabia que só no Brasil existem 10 milhões de pessoas com deficiência auditiva? Isso significa que um número enorme de pessoas não pode entrar em contato com sua marca. Se você quer começar um projeto de acessibilidade digital para a comunidade surda, a Hand Talk está aqui para te ajudar.

Adaptado de Bureau of Internet Accessibility

Compartilhe esse post!


Rating: 5.0. From 1 vote.
Please wait...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *